Educação a distância é uma das tendências da educação superior no Brasil

Com previsão de crescimento de 10% a 15% ao ano, podendo chegar a 1,96 milhão de matrículas em 2018, a modalidade de educação a distância (EAD) é uma das principais tendências da educação superior no Brasil. Com a função de democratizar o acesso à educação, um dos grandes desafios desse formato é ofertar um serviço de qualidade à população. 

Portal de Educação a Distância oferece capacitações em programas sociais

Gestores e técnicos municipais e estaduais do Programa Bolsa Família e do Cadastro Único podem se inscrever até 15 de abril em cursos a distância do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) no Portal EaD-MDS. São cursos que explicam a utilização dos sistemas informatizados e o funcionamento dos processos que dão suporte ao programa de complementação de renda.

Aprovado financiamento do Prouni e Fies para curso a distância

A Comissão de Educação da Câmara dos Deputados aprovou projeto que permite ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) e ao Programa Universidade para Todos (Prouni) financiar estudantes matriculados em cursos de graduação a distância (PL 5797/09). Atualmente, os dois programas financiam somente cursos presenciais.

Educação a Distância capacita mais para o mercado de trabalho

O ensino a distância já está consolidado no Ensino Superior brasileiro. De acordo com dados do relatório de Análise Setorial, publicado pelo Guia do Estudante, neste ano, demonstra um crescimento de 27 vezes na quantidade de alunos matriculados nesta modalidade. Estas informações se referem aos anos de 2002 a 2012. Houve um salto, em termos numéricos, de 40,7 mil para 1,1 milhão de estudantes. Do mesmo modo, a quantidade de cursos também aumentou: passou, no mesmo período, de 46 para 1148. Desta forma, a Universidade São Francisco (USF) entra no mercado de Educação a Distância (EAD) com o curso de Tecnologia em Processos Gerenciais.

Mitos e verdades sobre educação a distância

Com o advento das novas tecnologias a educação a distância começou a ganhar corpo, não só no Brasil como no exterior. Não é do conhecimento popular, porém esta modalidade de aprendizagem já existe há mais de um século no Brasil. O ensino a distância permite que o aluno consiga aprender de maneira mais rápida, eficiente e dinâmica, tendo em vista que a pessoa pode acessar todo o conteúdo em casa ou no ambiente de trabalho. Entretanto, mesmo diante das facilidades e vantagens característicos do perfil, ainda existem uma série de mitos em relação a esta metodologia. Isto ocorre, em grande parte dos casos, devido a falta de informação. Dentre os principais mitos estão a falta de meios para avaliar o nível de conhecimento do aluno, bem como a dificuldade em incentivá-lo. Em razão disto, Eduardo Alves, diretor do Instituto Monitor esclarece algumas questões que cercam o assunto.

Assinar este feed RSS