Varejo deve crescer até 3% em novembro, diz FecomercioSP

Um dos momentos mais importantes para o varejo, a Black Friday deverá ser o motor do setor em novembro. A FecomercioSP prevê aumento de até 3% nas vendas do comércio varejista em relação ao mesmo período do ano passado – puxado, principalmente, por supermercados e materiais de construção. Para a data específica, a expectativa é que a demanda por eletroeletrônicos também tenha um desempenho melhor do que o do ano passado.

  • Publicado em Economia

Vendas no varejo crescem 3,4% em agosto

Em agosto de 2020, o volume de vendas do comércio varejista nacional cresceu 3,4% frente a julho, na série com ajuste sazonal, após alta de 5,0% em julho de 2020, segundo dados do Instituto Brasileiro da Geografia e Estatística (IBGE). Com esse resultado, o volume de vendas do varejo atingiu o maior patamar da série histórica da Pesquisa Mensal de Comércio (PMC) , ficando 2,6% acima do recorde anterior, de outubro de 2014.

Vendas no varejo do Reino Unido sobem 0,8% em agosto

A Agência Nacional de Estatísticas do Reino Unido anunciou nesta sexta-feira, 18, que o volume das vendas no comércio varejista registrou alta de 0,8% em agosto de 2020 na comparação com o mês anterior.

(Redação - Investimentos e Notícias)

Vendas no varejo crescem 5,2% em julho

Em julho de 2020, o volume de vendas do comércio varejista nacional cresceu 5,2% frente a junho, na série com ajuste sazonal, após altas de 8,5% em junho de 2020 e 13,3% em maio, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A média móvel trimestral cresceu 8,7% no trimestre encerrado em julho. Na série sem ajuste sazonal, em relação a julho de 2019, o comércio varejista cresceu 5,5%. Já o acumulado nos últimos 12 meses foi 0,2%.

  • Publicado em Economia

Vendas no varejo crescem 8,0% em junho

Em junho de 2020, o comércio varejista nacional aumentou 8,0% frente a maio, na série com ajuste sazonal, após crescimento de 14,4% em maio de 2020, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A média móvel trimestral cresceu 0,9% no trimestre encerrado em junho. Na série sem ajuste sazonal, em relação a junho de 2019, o comércio varejista cresceu 0,5%. Já o acumulado nos últimos 12 meses foi 0,1%.

Crescimento do varejo não cobre perdas trazidas pela pandemia, analisa ACSP

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) anunciou hoje, 8, que o comércio varejista nacional cresceu 13,9% em maio comparado a abril. Segundo a Associação Comercial de São Paulo (ACSP), apesar de os números indicarem o início de uma recuperação, os dados ainda mostram insuficiência em relação às perdas desde o início da pandemia do novo coronavírus.

 

Alívio do distanciamento social ajuda na recuperação do varejo, aponta MUFG

De acordo com os dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), nesta quarta-feira, 8, em maio de 2020, o comércio varejista nacional cresceu 13,9% frente a abril, na série com ajuste sazonal, após recuo recorde de 16,3% em abril. Segundo o IBGE, essa é a maior alta da série histórica da pesquisa, iniciada em janeiro de 2000.

Assinar este feed RSS