Preço da cesta básica sobe em todas as capitais

Os dados da Pesquisa Nacional da Cesta Básica de Alimentos (tomada especial devido à pandemia do coronavírus), realizada pelo DIEESE, indicaram que, em setembro, os preços do conjunto de alimentos básicos, necessários para as refeições de uma pessoa adulta (conforme Decreto-lei 399/38) durante um mês, aumentaram em todas as capitais pesquisadas. As maiores altas foram observadas em Florianópolis (9,80%), Salvador (9,70%) e Aracaju (7,13%).

Coronavírus faz preço da cesta básica aumentar em 1,8%

O Instituto Brasileiro de Economia da Fundação Getulio Vargas (FGV IBRE) apontou aumento médio dos principais itens da cesta básica, de 1,8%. A variação foi de -0,06% (entre 08 de fevereiro e 07 de março) para 1,86% (entre 23 de março e 22 de abril), comparando os períodos pré e pós-pandemia.

Custo da cesta básica registra aumento em 11 capitais

O Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (DIEESE) divulgou hoje, 6, a pesquisa realizada em 17 cidades sobre a cesta básica brasileira. Segundo a entidade, em janeiro de 2020, o custo do conjunto de alimentos essenciais subiu em 11 capitais e caiu em seis.

 

  • Publicado em Economia

Valor da cesta básica em 2019 sobe em 16 das 17 capitais

Segundo dados do DIEESE (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos), divulgados nesta quinta-feira, 9, o preço da cesta básica subiu em 16 das 17 capitais brasileiras. As altas mais expressivas, entre dezembro de 2018 e 2019, de acordo com o levantamento, foram registradas em Vitória (23,64%), Goiânia (16,94%), Recife (15,63%) e Natal (12,41%). Já a menor variação positiva ocorreu em Salvador (4,85%). Em Aracaju, o acumulado em 12 meses foi negativo (-1,89%).

Cesta básica tem alta de 0,88%, segundo pesquisa do Procon-SP

O valor da cesta básica no município de São Paulo registrou alta de 0,88%, no período de 6 a 12 de setembro, revela pesquisa diária do Núcleo de Inteligência e Pesquisas -- EPDC -- do Procon-SP, em convênio com o Dieese. O preço médio, que no dia 5/9 era de R$ 734,49, passou para R$ 740,97 em 12/9.

  • Publicado em Economia

Cesta básica registra alta de 1,33%, segundo dados do Procon-SP

O valor da cesta básica no município de São Paulo registrou alta de 1,33%, no período de 30 de agosto e 5 de setembro, revela pesquisa diária do Núcleo de Inteligência e Pesquisas -- EPDC -- do Procon-SP, em convênio com o Dieese. O preço médio, que no dia 30/8 era de R$ 724,83 passou para R$ 734,49 em 5/9.

 

  • Publicado em Economia

Cesta básica tem queda de 0,89% revela Procon-SP

O valor da cesta básica no município de São Paulo registrou queda de 0,89%, no período de 16 a 22 de agosto, revela pesquisa diária do Núcleo de Inteligência e Pesquisas – EPDC – do Procon-SP, em convênio com o Dieese. O preço médio, que no dia 15/8 era de R$ 738,84 passou para R$ 732,24 em 22/8.

 

Assinar este feed RSS