Desemprego cresce em 11 UFs no 2º trimestre de 2020

A taxa de desocupação do país no 2º trimestre de 2020 foi de 13,3%, aumento de 1,1 ponto percentual em relação ao 1º trimestre de 2020 (12,2%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na comparação com o mesmo trimestre de 2019 (12,0%), houve acréscimo de 1,3 p.p.

Taxa de desemprego fica em 12,9% no trimestre

A taxa de desocupação (12,9%) no trimestre móvel encerrado em maio de 2020 cresceu 1,2 ponto percentual em relação ao trimestre de dezembro de 2019 a fevereiro de 2020 (11,6%) e 0,6 ponto percentual em relação ao mesmo trimestre de 2019 (12,3%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Taxa de desemprego fica em 12,6% no trimestre

A taxa de desocupação (12,6%) no trimestre móvel encerrado em abril de 2020, cresceu 1,3 ponto percentual em relação ao trimestre de novembro de 2019 a janeiro de 2020 (11,2%) e ficou estatisticamente estável em relação ao mesmo trimestre de 2019 (12,5%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Taxa de desemprego é de 12,2% no trimestre

A taxa de desemprego (12,2%) no trimestre móvel encerrado em março de 2020 cresceu 1,3 ponto percentual em relação ao trimestre de outubro a dezembro de 2019 (11,0%) e caiu -0,5 ponto percentual frente ao mesmo trimestre do ano anterior (12,7%), segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

ICD avança e sinaliza ritmo forte da taxa de desemprego

O Indicador Antecedente de Emprego (IAEmp) da Fundação Getulio Vargas caiu 9,4 pontos em março para 82,6 pontos, menor nível desde junho de 2016 (82,2 pontos). Apesar da queda, o resultado trimestral é 1,0 ponto superior ao trimestre anterior. Em médias móveis trimestrais, o indicador interrompe trajetória positiva ao recuar 2,4 pontos em relação a fevereiro.

Desemprego cresce no trimestre, mostra IBGE

A taxa de desocupação subiu para 11,6% no trimestre encerrado em fevereiro, atingindo 12,3 milhões de desempregados, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O aumento, na comparação com o trimestre terminado em novembro (11,2%), interrompeu dois trimestres seguidos de quedas estatisticamente significativas no desemprego.

Assinar este feed RSS